Como não ser EGOÍSTA durante crise do Coronavírus.

Pois é, se até os Brothers já estão sabendo da crise de saúde pública mundial que estamos passando, você também deve estar. Infelizmente o novo Coronavírus está se espalhando numa velocidade muito alta, deixando milhares de mortos pelo mundo e forçando a população de diversos países a enfrentar situações complicadas, como quarentena forçada e escassez de itens básicos.

E como sempre, em tempos de crise, o ser humano tende a se desesperar e o egoísmo inerente a todos nós começa a ganhar asas e ficar ainda mais evidente. Por enquanto, os casos estão entre pessoas de elite, que viajaram para a Europa e que passaram para pessoas próximas. Imagina quando esse vírus chegar na grande massa, nas favelas, nas pessoas que pegam conduções lotadas todos os dias, nas pessoas que não podem fazer home-office porque trabalham no chão de fábrica, nas lojas de shoppings, nas barracas das praias?

Por isso, criamos uma lista com dicas para você não enfrentar essa crise de uma maneira egoísta, tentando seguir as recomendações de profissionais e lembrando que somos mais de 7 bilhões de pessoas na Terra, e não apenas você e sua família! Ok? Vamos lá:

QUARENTENA: infelizmente nossos governantes não estão levando a crise a sério e pra variar estão brincando de governar, portanto cabe a nós sermos responsáveis e fazermos uma auto-quarentena, ou seja, ficarmos em casa o máximo possível mesmo com esta medida de saúde pública não sendo obrigatória (ainda). A importância da quarentena se dá pelo fato de que PRECISAMOS diminuir o espalhamento do vírus, pois o nosso sistema de saúde não terá capacidade para atender simultaneamente uma demanda MUITO grande de pessoas. Lembre-se que o Coronavírus não substitui  a gripe, dengue, e problemas de saúde que normalmente já temos. Ele trará casos EXTRAS para os hospitais, é só ver o exemplo do CAOS que está acontecendo na Itália. Se quiser, separamos algumas dicas de coisas legais e diferentes para fazer enquanto estiver dentro de casa!

HOME-OFFICE: Se na empresa que você trabalha é possível que se faça home-office, FAÇA. Mas é importante lembrar que nem todos os empregos permitem essa flexibilidade, e num país com taxas altíssimas de informalidade como no Brasil, poder trabalhar de casa com um computador é um privilégio. Por isso, se você tem diarista, faxineira, personal ou qualquer outro tipo de profissional que recebe por hora/dia/semana, tente dispensá-los nas próximas semanas e, se possível, manter o pagamento desses trabalhadores.

TURNOS: Se você é dono de uma empresa (grande ou pequena) tente liberar sua equipe, que muitas vezes usa transporte público lotado para chegar até o local de trabalho e caso seja IMPOSSÍVEL deixar o escritório vazio, procure organizar turnos para que a equipe não esteja inteira ao mesmo tempo no escritório e em horários alternativos para que o transporte esteja mais vazio.

ITENS BÁSICOS: vá ao supermercado e compre o essencial para que você consiga passar aproximadamente 2 semanas em casa sem precisar ir às compras novamente. Estocar papel higiênico, álcool gel e carne para 3 meses só ai fazer com que falte para outras famílias como a sua, que também precisam desses itens. É importante consumirmos com responsabilidade e lembrando que somos um país inteiro passando pela mesma crise, JUNTOS.

GRUPO DE RISCO: muita gente tem saído para bares, shoppings e até manifestações nas ruas (?????) com o discurso ignorante de que não faz parte do grupo de risco. Por mais que pareça loucura, nem todo mundo tem um convênio médico ou condições para pagar hospitais caríssimos, e a grande maioria da população depende do sistema público de saúde. Por isso, por mais que você não seja do grupo de risco e talvez nem apresente sintomas, você pode ajudar a disseminar o vírus para pessoas que são sim do grupo de risco, ou que tem uma condição financeira mais precária que a sua.

Deixe um Comentário