Sororidade no Carnaval: Atitudes Simples Para Colocar em Prática

Estamos presenciando nessa edição do BBB uma série de comentários e atitudes machistas, importunação sexual e até assédio, e mesmo quem não gosta ou não assiste o reality com certeza já ouviu e conversou sobre isso.

No domingo passado a nova pauta abordada foi sororidade, quando a fada sensata Manu Gavassi justificou votar no Felipe Prior por apoiar essa causa.

Depois dessa conversa as buscas pelo significado de sororidade dispararam no Google, e com o carnaval chegando é importante reafirmar a importância desse termo, já que nessa época infelizmente o número de casos de assédio e violência contra a mulher costumar aumentar.

O que é sororidade

Apesar do conceito não estar no dicionário quer dizer irmandade (sóror em latim = irmãs) e significa também empatia e união entre as mulheres. Representa uma rede de apoio entre todas as mulheres, mesmo as que não conhecemos. Para aprender mais sobre esse ato, confira abaixo gestos que você pode fazer para praticar a sororidade nesse feriado e em todos os dias.  

1. Não veja a mulher com uma rival

    O primeiro passo é acabar com a visão de que outras mulheres são suas inimigas. Não alimente e incentive esse comportamento. O mundo é grande o suficiente para todas nós e juntas somos mais fortes. Não xingue, ofenda ou brigue com mulheres nesse carnaval, principalmente por conta de homem.

    2. Apoie outras mulheres

      Isso não significa que você precisa ser amiga de todas as mulheres, mas sim apoiá-las quando necessário, com um simples ato de escutar, ajudar, incentivar e amparar. Se encontrar uma mulher sozinha, alcoolizada, desconfortável na presença de um homem tente ajuda-la. Um simples ato de fazer companhia, emprestar o celular para ela ligar para as amigas ou ajudar a pegar um táxi já pode fazer muita diferença.

      3. Evite julgamentos

        Muitas vezes não percebemos, mas no automática já estamos criticando algo na pessoa. Se policie e policie seus amigxs a não julgarem as mulheres pelo jeito que estão vestidas, ou como estão dançando e agindo. Tenha empatia e acime de tudo respeite.

        4. Meta a colher sim!

          “Em briga de marido e mulher não se mete a colher”, se tiver falta de respeito e violência, meta a colher sim. Você não precisa se intrometer na discussão para ajudar. Chame um segurança, policial, organizador do evento em que esteja para que tomem parte e ajudem. Policie sempre seus amigos homens a não darem em cima de uma mulher e a não fazerem “brincadeirinhas”.  

          Todo mundo só quer se divertir no carnaval não é mesmo? Então a chave para um carnaval feliz e muito bom é o respeito e a sororidade. Implemente isso na sua vida e você vai ver os benefícios que isso trará para você e para a sociedade! 

          Deixe um Comentário